Loading...

EMBALAGENS E MARKETING DE ALIMENTOS

Por: Karina Bosqui

Em nossa sociedade, cada vez mais urbana, é quase impossível imaginar uma vida sem as embalagens, então como deixá-las ainda mais eficientes? E o que fazer com as embalagens depois de utilizadas? Estes são os desafios do presente e do futuro para um desenvolvimento mais sustentável do setor de embalagens.

Na verdade, a história da humanidade se confunde com a história da embalagem. No início do processo de civilização as embalagens eram usadas para fracionar e proteger produtos agrícolas. Já com a urbanização adquiriram três funções principais: proteger, transportar e comunicar.

Aos poucos as embalagens substituíram os vendedores das mercearias e se tornaram vendedoras silenciosas, que se comunicam diretamente com o consumidor na prateleira do supermercado, se tornando poderosas ferramentas de marketing.

E que vendedoras! As embalagens devem criar uma consciência de necessidade no cliente, chamar sua atenção, fazê-lo se interessar, identificar e informar sobre o produto, ensinar sobre seu uso, e convencê-lo da compra em poucos segundos! Isso tudo só é possível pois o que encontramos no mercado é o resultado da ação de uma cadeia complexa e multidisciplinar, que tem o design como componente integrador.

Por outro lado, sabemos que nosso estilo de vida e consumo desenfreado impactam muito a natureza, tanto pelo descarte inadequado de embalagens quanto pela exploração dos recursos não renováveis que as compõem. O consumidor está sendo cada vez mais educado em como destinar seus resíduos, enquanto a indústria busca por alternativas para suprir as demandas do mercado proporcionando o mesmo bem-estar ao cliente.

E aí?! Sentiu um pouco do gostinho de toda a discussão que nos espera no curso de Embalagens e Marketing da 38ª Semalim? Se curtiu, vem com a gente! E nos vemos em julho!

BÔNUS!

VOCÊ SABIA?

A técnica de multicamadas para conservar um alimento combinando as propriedades do plástico, papel e alumínio parece muito moderna. Mas, os egípcios já usavam essa técnica para conservar os faraós em seus sarcófagos, envolvendo-os em papiro, linho e verniz

Leave a reply